Cultura de Visibilidades Eventuais é o tema live

Projeto é uma contrapartida da Lei Aldir Blanc

Cultura de Visibilidades Eventuais é o tema live

*Cultura de Visibilidades Eventuais* é o tema da conversa promovida pela Cinemática, como contrapartida da Lei Aldir Blanc Florianópolis. O evento on-line acontece amanhã, dia 7 às 17h.

Veja os convidados:

Lirous K'yo, atriz e DJ, formada em Serviço Social na UFSC, curadora do esquenta Som & Fúria Travesty, realizado com apoio da Lei Aldir Blanc Floripa.

Ítalo Mongconãnn, cineasta indígena formado pela UFSC, curador da Mostra Imaginários Originários que teve apoio da Lei Aldir Blanc Floripa.

Allende Renck, curador do Festival Cinema Negro SC, fez palestra sobre o Teatro Negro de August Wilson no Cinema, com apoio da Lei Aldir Blanc Floripa.

Cris Villar, produtora cultural e articuladora política da setorial de Circo e Cultura Popular, presidente do Conselho Municipal de Política Cultural de Floripa.

Daniel Olivetto, diretor e dramaturgo, produtor do "Criança Viada Show" apoiado pela Lei Aldir Blanc de Itajaí, projeto que sofreu tentativa de censura pelo poder público.

Dagma Castro, produtora audiovisual, articuladora política e coordenadora do FACINE-BC, Festival de Audiovisual e Cinema de Balneário Camboriú, o maior projeto da área de cinema apoiado por município pela Lei Aldir Blanc em SC, e representante do Audiovisual na cadeira do Conselho Estadual de Cultura.

O objetivo da conversa é debater como como ampliar a participação e e dar visibilidade a projetos de impacto cultural durante a pandemia.

Serviço:

Dia 07/07 às 17h
No canal youtube.com/cinematicas 

Você tem alguma ideia sobre o tema? Participe!